Skip to content

SCOTT STORCH – BIOGRAFIA – PARTE IV

23/12/2010

A COCAÍNA E O SEU VÍCIO

“Começou de vez em quando e foi tornando-se cada vez mais frequente”. Foi assim que Derek Jackson, empresário de Scott definiu o ínicio do vício de seu cliente. O empresário consegue ainda citar o dia exato em que o vício tomou conta de Storch: 28 de Julho de 2006, 3 meses antes de suas férias no Sul da França, iniciadas logo após o nascimento de seu segundo filho, Jalen Scott Storch, com a modelo Dalene Jennifer Daniel. “Quando ele voltou, a personalidade dele começou a ser dominada pelo vício”, relata Jackson.

Jackson enlouquecia enquanto o lendário produtor deixava estrelas da cena musical, como Janet Jackson, esperando no estúdio por mais de quatro horas. Como a indústria musical é um mundo massivamente dominado por rumores e fofocas, Storch começou a ser visto como “não confiável e improdutivo”. Os tubarões das gravadoras resolveram gastar seus milhares de dólares com outros produtores.

O empresário do produtor tentou diversas vezes convencer Scott a ficar limpo, largando a cocaína. Não foi uma, nem duas vezes que Jackson apareceu na Villa Ferrari, mansão do produtor, para conversar com Storch sobre o seu tratamento em relação à cocaína. O interior da mansão lembrava um boca de crack: lixo jogado pela casa, bugigangas atrolhando os espaços da casa, além da companhia de traficantes de pequeno porte, alguns companheiros de vício e é claro, um bom número de interesseiros que só se preocupavam com o dinheiro gasto por Storch em festas, bebidas e cocaína.

Cartoon de Scott Storch

 

Storch desfilava sua jóias e correntes com camisas manchadas de sangue, “que jorrava de seu nariz a qualquer momento”, de acordo com Jackson. O empresário afirma que o produtor parecia um animal: irracional e preocupado apenas com seu vício. “Scott não ligava para nada. Você não se sente humilhado enquanto está chapado. Você não possui consciência da destruição que causa ao seu redor. Você não sente nada, apenas a droga em seu sistema”, lamenta Jackson.

Derek Jackson rompeu com Scott no final de 2007. Ele fala sobre o produtor como se fosse um investimento promissor em que gastou muito dinheiro e infelizmente não deu certo. “Eu não procurei alternativas. Eu trabalhava com Scott dia e noite. Eu decolei e desabei com ele”, afirma o empresário.

Necessitando de dinheiro, Storch tornou-se uma espécie de mercenário, vendendo seus serviços para quem pagasse mais. Ele produziu faixas para sua namorada na época, Paris Hilton, para Jessica Simpson e até para a filha do wrestler Hulk Hogan, Brooke Hogan. Talvez o seu maior ato mercenário foi quando o produtor voou até Moscou para se oferecer ao duo russo de hip-hop e R&B, Timati e Nox. Um vexame preservado no YouTube.

Acompanhe as outras partes da biografia do lendário produtor Scott Storch:

PARTE III

PARTE II

PARTE I

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: