Skip to content

BREVE HISTÓRIA SOBRE A ORIGEM DO HIP-HOP

17/09/2010

O hip-hop emergiu nos EUA, na década de 70, nos subúrbios escusos de Nova Iorque (Bronx, Harlem, Brooklyn). Estes subúrbios, verdadeiros guetos, enfrentaram todos os tipos de problemas: pobreza, violência, racismo, tráfico, carências de infra-estrutura, de educação, entre outras questões sociais. Os jovens encontravam na rua o único espaço de lazer, e geralmente a única opção que lhes restava era a entrada no mundo das gangues (ora formando parte de alguma, ora fora delas, mas sempre conhecendo os territórios e as regras impostas pelas organizações criminosas), as quais se confrontavam de maneira violenta na luta pelo domínio territorial.  

O amigável bairro do Bronx

Neste contexto nasciam diferentes manifestações artísticas de rua: música,  dança, poesia, pintura. Os DJ’s Afrika Bambaataa, Kool Herc e Grand Master Flash, entre outros, observaram e participaram destas expressões de rua, e tiveram a iniciativa de organizar festas nas quais estas manifestações podiam ser demonstradas irrestritamente ao público.  

Harlem: A Cracolândia nova-iorquina

 Em 12 de novembro de 1973 foi criada a Zulu Nation, cuja primeira sede estava situada no bairro do Bronx. A Zulu Nation é uma ONG que tem como objetivo acabar com os vários problemas dos jovens dos subúrbios, especialmente com o problema da violência. Começaram a organizar “batalhas” não violentas entre gangues com um objetivo pacificador. As batalhas consistiam em uma competição artística . Nascia, assim, o hip-hop.  

CURIOSIDADE  

Algo interessante e que poucas pessoas sabem, é a respeito da vestimenta utilizada pelos seguidores do rap e hip-hop. Em plena década de 70, os niggers da periferia contavam com as doações de agasalhos para enfrentar o rígido inverno Nova-iorquino. Como eles dependiam das doações, muitas vezes não havia a possibilidade de escolherem os tamanhos adequados. Sendo assim, ou usavam uma roupa cinco vezes maior, ou passavam frio. Sem muitas opções, as roupas largas acabaram tornando-se parte da identidade das periferias, e hoje, identidade do hip-hop.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: